site de poesias coligidas de
F E R N A N D O   P E S S O A
http://www.fpessoa.com.ar

<<Voltar-Volver>>


O Conde D. Henrique
Todo começo é involuntáario.
Deus é o agente.
O herói a si assiste, vário
E inconsciente.

A espada em tuas mãos achada
Teu olhar desce.
«Que farei eu com esta espada?»
Ergueste-a, e fez-se.
Todo comienzo es involuntario.
Dios es el agente.
El héroe a sí asiste, variado
E inconsciente.

La espada en tus manos hallada
Tu mirar desciende.
«¿Qué haré ya con esta espada?»
La erguiste, y se hizo.
Mensagem
Fernando Pessoa

©2004-11-01 by Sebastián Santisi, all rights reserved.


<<Voltar-Volver>>


www.fpessoa.com.ar