site de poesias coligidas de
F E R N A N D O   P E S S O A
http://www.fpessoa.com.ar

<<Voltar-Volver>>


Não Me Importo Com As Rimas
Não me importo com as rimas. Raras vezes
Há duas árvores iguais, uma ao lado da outra.
Penso e escrevo como as flores têm cor
Mas com menos perfeição no meu modo de exprimir-me
Porque me falta a simplicidade divina
De ser todo só o meu exterior

Olho e comovo-me,
Comovo-me como a água corre quando o chão é inclinado,
E a minha poesia é natural como o levantar-se vento...
No me intereso por las rimas. Raras veces
Hay dos árboles iguales, uno al lado del otro.
Pienso y escribo como las flores tienen color
Pero con menos perfección a mi modo de exprimirme
Porque me falta la simplicidad divina
De ser todo solamente mi exterior.

Miro y me conmuevo,
Me conmuevo como el agua corre cuando el piso es inclinado,
Y mi poesía es natural como levantarse viento.
O Guardador De Rebanhos
Alberto Caeiro
08-03-1914

©2004-12-14 by Sebastián Santisi, all rights reserved.


<<Voltar-Volver>>


www.fpessoa.com.ar